terça-feira, 31 de maio de 2016

Clube de Leitura #LeiaMulheres em Santos


Lançamento do Clube de Leitura Leia Mulheres em Santos.

No próximo dia 10 de junho, acontecerá o lançamento do Clube de Leitura Leia Mulheres em Santos, com as mediadoras Jam Pawlak e Julia Mikita, na Oficina Cultural Pagu, situada à Rua Espírito Santo, nº 17, no horário das 19:00 às 21:00 horas,  em  homenagem a escritora Clarice Lispector, com o intuito de compartilhar as delícias   da leitura do livro “Crônicas Para Jovens De Amor E Amizade”, uma obra envolvente de Clarice Lispector,  que convida as  jovens leitoras a se apaixonar também pela palavra, pelos livros, pelos instantes e pela vida.

Clarice Lispector nasceu em Tchetchelnik, na Ucrânia, em 10 de dezembro de 1920, chegou ao Brasil em 1922, residindo em Maceió, Recife, Rio de Janeiro e Belém. Por ter sido casada com o diplomata Maury Gurgel Valente, com quem teve dois filhos, Clarice também morou em Nápoles (Itália), Berna (Suíça), Washington (EUA), e Torquay (Inglaterra), antes de retornar ao Rio de Janeiro, onde faleceu em 9 de dezembro de 1977.

O Clube de Leitura Leia Mulheres inspirou-se na ação realizada em 2014, pela  escritora britânica Joanna Walsh, responsável pelo lançamento do projeto #readwomen2014 (#leiamulheres2014), que consistiu basicamente em ler mais escritoras. O mercado editorial ainda é muito restrito e as mulheres não possuem tanta visibilidade, por isso a importância primordial desse projeto.

No Brasil, a iniciativa de promover a  difusão da leitura de obras escritas por mulheres, coube às entusiastas jovens  Juliana Gomes, Juliana Leuenroth e Michelle Henriques; “decidimos fazer clubes de leitura, convidar a todos a nos acompanharem nas leituras de obras escritas por mulheres, de clássicas a contemporâneas.” Atualmente, o Clube de Leitura Leia Mulheres está presente nas seguintes cidades São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Porto Alegre, Fortaleza, Brasília, Recife, Belo Horizonte, Itapetininga, Salvador, São Bernardo do Campo –ABC, Campinas, Campina Grande, Sorocaba, Boa Vista, Natal, Goiânia, Florianópolis, Maceió, Juiz de Fora,  Niterói.

O Clube de Leitura Leia Mulheres em Santos, tem como mediadoras, a teatróloga e produtora audiovisual, Jam Pawlak, e a escritora e blogueira Julia Mikita, dedicadas ao incentivo da leitura entre as meninas, as mulheres e as suas famílias desde 2011.


Julia Mikita e Jam Pawlak, mediadoras do Clube de Leitura Leia Mulheres em Santos.

Serviço:
Lançamento do Clube de Leitura LEIA MULHERES em Santos
Oficina Cultural Pagu -  Dia 10 de junho de 2016 – 19:00 horas

Rua Espírito Santo, nº 17 – Santos – SP – Brasil

quinta-feira, 12 de maio de 2016

A Incrível Jornada Dos Tsurus...

“Eu escreverei paz em suas asas e você voará o mundo inteiro”.
Sadako Sasaki

A Incrível Jornada dos Tsurus começou a 110 metros de altura, na Torre  Mercês, em Curitiba.

Era uma apresentação para lembrar a tragédia atômica de Hiroshima e Nagasaki, intitulada Buzz of the Peace in Hiroshima and Nagasaki, com o intuito de preservar a memória mundial, lembrando através das artes cênicas, os 50 Anos das explosões atômicas nas cidades japonesas durante a II Guerra Mundial.

A tragédia não poderia ser simplesmente esquecida. Milhares de pessoas perderam suas cidades, suas casas e suas famílias. A explosão da bomba atômica destruiu também a essência dos sentimentos humanos.

Através do ballet moderno e sob os acordes de "Assim Falou Zaratustra" de Richard Stauss, desenrolou-se a coreografia da dança da espada e do coração em um cenário à luz de velas, no alto da Torre Mercês, em Curitiba. Como o Zaratustra de Nietzsche, a personagem Yoko, vive marcada pela dor. Em meio a conflitos consigo mesma e com os escombros do ódio, Yoko redescobre a arte do origami e volta a dançar. Dançando, Yoko supera todos os seus limites, dobrando pequenos tsurus, Yoko encontra o verdadeiro caminho para a paz.


Em 2016, celebramos o aniversário de 21 anos da Incrível Jornada Dos Tsurus em prol da Cultura de Paz, através das artes cênicas,  das artes visuais e da arte do origami.


                                      A Incrível Jornada dos Tsurus ... uma história de amor pela arte do origami,  passada de geração para geração.

E a Incrível Jornada dos Tsurus continua...