Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2017

Ação Humanitária #OrigamiAmazon em Defesa da Amazônia

Julia Mikita, Vice-Presidente da Organização Neo Humanitarismo Universalista,  e Madrinha da Ação Humanitária #OrigamiAmazon em Defesa da Amazônia.

A maior Floresta Tropical do Mundo  precisa de você como Defensor (a) da Biodiversidade.
A Floresta Amazônica,  com 6,9 milhões de quilômetros quadrados, estende-se por nove países sul-americanos: Brasil, Bolívia, Peru, Colômbia, Equador, Venezuela, Guiana, Suriname e Guiana Francesa, abrigando generosamente a maior  biodiversidade do Planeta Terra; são aproximadamente 40 mil espécies de plantas e mais de 400 de mamíferos,  os pássaros somam quase 1.300, e os insetos ultrapassam os milhares.A Floresta Amazônica está localizada às margens do Rio Amazonas, o maior do mundo em volume de água e também em comprimento, com aproximadamente 3 mil espécies de peixes;  integrando o bioma Amazônia, o maior dos seis biomas brasileiros; cobrindo  4,2 milhões de quilômetros quadrados, ou seja, 49% do território nacional, distribuídos por nove estados: A…

Sessão de Autógrafos do Livro Poemas de Origami na 17ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto

A 17ª Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto acontece no período de 04 a 11 de junho de 2017, com o  tema “Do Conhecimento que Liberta ao Amor que Educa”; é uma grandiosa  realização da Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto.
Na 17ª edição da Feira Nacional do Livro de Ribeirão Preto, os homenageados  são os renomados escritores e personalidades: - Escritor: Fernando Pessoa; - Autor Educação: César Nunes; - Autor Infanto-juvenil: Ricardo Azevedo; - Autora Local: Rosa Maria de Britto Cosenza; - Professora: Maria Ester de Souza; - Patrono: Chaim Zaher. País homenageado: Portugal.
As atividades da 17ª Feira Nacional  do Livro de Ribeirão Preto estão sendo realizadas no Theatro Pedro II, Tenda Sesc (localizada na Praça Carlos Gomes), ACI Ribeirão Preto, Biblioteca Altino Arantes, Biblioteca Padre Euclides, Centro Cultural Palace, Palacete 1922, Praça do Leitor (Praça XV de Novembro), Sede da OAB Ribeirão Preto, Sesc, Shopping Iguatemi, Sincovarp, Teatro Marista.    A sessão de autógrafos…

A Produção de Eventos Artísticos e Culturais na Pauta do Empreendedorismo

“Ser um empreendedor é executar os sonhos, mesmo que haja riscos. É enfrentar os problemas, mesmo não tendo forças. É caminhar por lugares desconhecidos, mesmo sem bússola. É tomar atitudes que ninguém tomou. É ter consciência de que quem vence sem obstáculos triunfa sem glória. É não esperar uma herança, mas construir uma história... Quantos projetos você deixou para trás? Quantas vezes seus temores bloquearam seus sonhos? Ser um empreendedor não é esperar a felicidade acontecer, mas conquistá-la.” Augusto Cury

Primeira turma do Curso deProdução de Eventos Artísticos e Culturais do Senac de Ribeirão Preto. Foto: Jam Pawlak.
Ainda no início  de 2017, tive a honra de integrar a primeira turma do curso de Produção de Eventos Artísticos e Culturais do Senac de Ribeirão Preto; um verdadeiro privilégio para mim e para os meus colegas. Tenho trabalhado com a produção de audiovisual há mais de quinze anos, assinando a produção executiva e os roteiros de filmes documentários. Por outro lado, a pro…

Oficina Temática Inês de Castro: em Defesa dos Direitos da Mulher.

"Inês de Castro nasceu em 1320 ou 1325 na Galiza, era filha ilegítima do nobre galego Pedro Fernandes de Castro, o da Guerra, e de uma dama portuguesa, Aldonça Suárez de Valadares, e irmã de D. Fernando e de D. Álvaro Pires de Castro. Por parte de seu pai era bisneta ilegítima de D. Sancho de Castela, pai de D. Beatriz de Castela que era mãe de D. Pedro, futuro Rei de Portugal. Era, portanto, prima em 3º grau de D. Pedro. Viveu parte da sua infância no castelo de Albuquerque cuja dona, que a criou como filha, era casada com Afonso Sanchez, filho ilegítimo de D. Diniz, até vir a ser aia de sua prima de D. Constança Manuel, filha de João Manuel de Castela, poderoso nobre descendente da Casa Real Castelhana e que estava prometida ao príncipe de Portugal, D. Pedro. Inês de Castro chega a Évora, integrada no séquito de D. Constança, em 1340. Desde cedo foram conhecidos os amores de D. Pedro pela dama galega. D. Afonso IV, temendo esta relação, exila-a na fronteira espanhola em 1344. Ap…